Diferença entre CPT e OPT

Os EUA têm algumas das melhores universidades do mundo, e por isso é natural que o país atraia um grande número de estudantes internacionais, que veem na América a oportunidade de uma educação de excelência. No entanto, o visto de estudante impõe várias restrições à possibilidade de o imigrante trabalhar, a não ser por meio de programas como OPT e CPT.

Mas você sabe o que são esses programas e qual a diferença entre CPT e OPT?

QUER ESTUDAR NOS EUA? CONHEÇA OS VISTOS F-1, M-1 E J-1

CPT e OPT

Tanto o CPT (Curricular Practical Training) quanto o OPT (Optional Practical Training) são programas que permitem aos estudantes internacionais nos EUA trabalharem, possibilitando que eles ganhem experiência na área formação ou possam se manter financeiramente após a conclusão de seus estudos.

São as modalidades mais comuns de trabalho para estudantes internacionais.

CPT

O CPT é uma autorização temporária de trabalho que permite ao estudante internacional nos EUA a possibilidade de realizar estágios, treinamentos práticos ou trabalhos com baixa carga horária enquanto estiver matriculado em uma instituição de ensino devidamente credenciada.

Funciona como um estágio obrigatório. O trabalho realizado via CPT conta como crédito para o curso. Portanto, nem todo curso (mesmo que dentro de uma mesma universidade) necessariamente vai oferecer o CPT para seus alunos, uma vez que nem todo curso exige estágio obrigatório.

Além disso, ao requerer o CPT junto ao escritório de assuntos internacionais da universidade, o estudante precisa, necessariamente, já ter uma oferta de emprego. Dependendo da faculdade e do semestre, o CPT pode autorizar trabalho em meio período ou período integral.

AS EMPRESAS DOS EUA QUE MAIS CONTRATAM BRASILEIROS

O SALÁRIO MÍNIMO NOS EUA

OPT

O OPT é uma autorização temporária de trabalho que o imigrante sob o visto F-1 pode obter durante ou após a conclusão do curso. É preciso que o trabalho esteja diretamente relacionado à área de formação (major). Ou seja, se a pessoa se formou em Engenharia, precisa necessariamente trabalhar em uma empresa que atue na área ou em uma função diretamente ligada à área.

O OPT tem duração de 12 meses. O estudante pode solicitar o OPT ao Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS, na sigla em inglês). Contudo, é sempre aconselhável discutir e pedir ajuda ao escritório de apoio a estudantes internacionais da universidade em que ele estuda.

Diferentemente do CPT, o OPT pode ser solicitado sem a necessidade de ter uma oferta de emprego.

Além disso, quem planeja fazer a transição do CPT para o OPT precisa saber o seguinte: se o estudante, por meio do CPT, acumular um ano (365 dias) de trabalho em período integral, ele perde o direito do OPT. Não há limite para trabalho em meio período.

Portanto, o ideal é que o estudante nunca trabalhe 12 meses em período integral pelo CPT, pois ter a possibilidade do OPT ajuda bastante, especialmente se houver a intenção de continuar nos EUA após a conclusão do curso.

STEM-OPT Extension

Estudantes das áreas de STEM (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) podem solicitar ao USCIS a Extensão STEM-OPT. Se aprovada, ao completar o OPT regular o estudante ganhará 24 meses adicionais de autorização de trabalho.

É uma forma que os EUA encontraram para atrair e manter talentos da área de STEM, com o intuito de manter o país altamente competitivo no palco global.

Mudando status de turista para estudante

O advogado Felipe Alexandre, sócio-fundador da AG Immigration, explica como funciona a alteração do status de turista para estudante nos EUA. Assista no vídeo abaixo!

Viva legalmente nos EUA

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Assim, caso tenha o perfil para conseguir o green card ou outros vistos com os quais trabalhamos, agendaremos uma consulta sem custos para explicar como obtê-los.

A AG Immigration não oferece serviços de visto de estudante.