Visto H1B: cresce o número de pedidos para 2023

O Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS) anunciou que recebeu 483.927 solicitações de visto H1B para o ano fiscal de 2023. O número é 56% maior do que os 308 mil pedidos do ano anterior. No entanto, como o limite anual para autorizações de H1B é de apenas 85 mil vistos, isto significa que mais de 80% das solicitações serão rejeitadas.

O visto H1B é a principal porta de entrada para estrangeiros de áreas como programação, engenharia, e outras que exigem alto nível de especialização. É semelhantemente um dos vistos mais populares entre brasileiros que vão trabalhar nos EUA.

No ano fiscal de 2021, por exemplo, o Brasil foi o 8º país que mais teve o visto H1B aprovado. Ficou atrás de Índia, China, Canadá, Coreia do Sul, Filipinas, México e Taiwan. Paquistão e Nepal completaram as dez primeiras colocações.

Segundo o USCIS, as mais de 483 mil solicitações de H1B para 2023 foram protocoladas por aproximadamente 48 mil empresas. De maneira geral, companhias de tecnologia como Netflix, Meta, Microsoft, Apple e Intel são as que mais pedem o visto.

Além disso, cerca de 31% de todos os pedidos referiam-se a candidatos elegíveis para a isenção de grau avançado. De acordo com a lei, porém, o governo americano só pode emitir 85 mil vistos H1B por ano fiscal. Destes, 20 mil são destinados exclusivamente para profissionais com um grau avançado (mestrado ou doutorado) obtido em uma universidade dos EUA.

Muitas empresas consideram o limite baixo. Assim sendo, elas argumentam que ele tem prejudicado a competitividade do país junto a nações como China e Canadá. No Canadá, por exemplo, não existe limite de vistos para profissionais altamente especializados.

Por isso, há no Congresso diversas propostas que buscam resolver esta questão. Um destes projetos de lei, aliás, quer justamente mudar a forma como o H1B é distribuído. O objetivo, segundo o texto, é priorizar profissionais com pós-graduação nas áreas das ciências, tecnologias, engenharias e matemática.

Salários de quem tem o visto H1B nos EUA

O salário mediano de um profissional estrangeiro que entra nos EUA com o visto H1B é de 108 mil dólares – o equivalente a 514 mil reais por ano. Os dados são do próprio USCIS, referentes ao ano fiscal de 2021 e com base na remuneração de 407 mil beneficiários.

No entanto, em algumas áreas, os números são maiores. No setor jurídico, por exemplo, advogados que vão para os EUA com o visto H1B ganham um salário mediano de 190 mil dólares anuais. Em outras palavras, 904 mil reais todos os anos, na cotação atual.

Profissionais em cargos gerenciais, por sua vez, ganham 130 mil dólares por ano (618 mil reais). Já na área da saúde e medicina, o salário é de 103 mil dólares, ou seja, cerca de 490 mil reais.

Você já pensou em trabalhar nos EUA?

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Por isso, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Caso tenha o perfil para conseguir o green card ou outros vistos com os quais a AG trabalha, agendaremos uma primeira consulta (também sem custos) para explicar como obtê-los.