Visto H-1B: o que é, como funciona e requisitos

Visto H-1B: o que é, como funciona e requisitos

Para quem tem vontade de trabalhar nos Estados Unidos, uma das opções mais comuns é o visto H-1B, que permite que empregadores contratem, temporariamente, trabalhadores estrangeiros em ocupações que exijam a aplicação teórica e prática de conhecimento altamente especializado e, no mínimo, um diploma de bacharel (ou equivalente) na área específica para a qual o profissional está sendo contratado.

Quer saber mais como funciona esse visto? Leia o resumo que preparamos a seguir.

O que é o visto H-1B?

O visto H-1B se destina ao preenchimento de vagas que necessitam de mão de obra especializada, em áreas como arquitetura, engenharia, matemática, ciências físicas, ciências sociais, medicina e saúde, educação, especialidades empresariais, contabilidade, direito, teologia, artes e muitas outras. É o visto de trabalho temporário mais popular dos Estados Unidos.

De maneira geral, o visto H-1B tem sido a principal via de acesso de empresas americanas de tecnologia, em especial no Vale do Silício, à contratação de profissionais da área de TI e programação, dada a elevada demanda por essa mão de obra em todo mundo. Com isso, é comum que empresas como Amazon, Google, Microsoft, Facebook, IMB, Oracle e centenas de startups estejam entre as principais patrocinadoras (sponsors) do visto H-1B nos EUA.

Diferentemente dos vistos imigratórios, como o EB-1, EB-2 ou EB-3, o H-1B não dá automaticamente o green card ao seu portador, dada a natureza temporária do trabalho que ele irá realizar nos EUA. No entanto, a pessoa pode ter direito à residência permanente (ver abaixo).

Como funciona o visto H-1B?

O visto H-1B destina-se a empresas que queiram contratar profissionais estrangeiros em ocupações especiais que requerem um alto nível de especialização, mas que não conseguem encontrar candidatos dentro dos EUA para essas vagas. Assim, é a empresa que tem que iniciar o processo de solicitação do visto – e não o profissional.

O empregador deve primeiro apresenta um documento conhecido como Labor Condition Application (LCA), no qual irá atestar sua conformidade com os requisitos exigidos em lei.

Em seguida, a empresa irá cadastrar no sistema eletrônico do programa H-1B as informações sobre ela própria e sobre os candidatos que ela está patrocinando, ou seja, os dados dos profissionais que ela quer contratar sob o visto H-1B.

Geralmente, esse processo é feito no mês de março, mesmo mês em que o Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS) informa às empresas quais dos candidatos cadastrados por elas foram pré-selecionados e agora estão aptos e elegíveis, em princípio, a receberem o H-1B.

A loteria do visto H-1B

Acontece que isso não significa, necessariamente, que esses candidatos receberão a autorização de trabalho. Isso porque existe, por lei, um limite de 85 mil vistos H-1B que podem ser concedidos anualmente pelos EUA. Foi a forma que os congressistas do país encontraram para proteger os profissionais americanos de uma competição eventualmente desigual com pares estrangeiros.

Caso haja mais petições das empresas para a concessão do H-1B do que as 85 mil vagas disponíveis por ano, a seleção de quem é selecionado e quem fica de fora é realizada aleatoriamente por um sistema computadorizado – que ficou conhecido como o sistema de loterias do visto H-1B.

Primeiramente, são preenchidas as 20 mil vagas destinadas a profissionais que tenham um diploma de mestrado ou doutorado dos Estados Unidos e, em seguida, as 65 mil vagas restantes, sendo que 6.800 delas são exclusivas de trabalhadores do Chile e de Cingapura, em razão de acordos bilaterais feitos entre os EUA e esses países.

O Brasil é o oitavo país que mais recebe vistos H-1B, de acordo com o USCIS.

Tempo de permanência

Em geral, o tempo inicial de permanência nos Estados Unidos para um portador do visto H-1B é de até três anos, podendo ser estendido para um prazo máximo de seis, embora algumas exceções possam ser aplicadas conforme previsões legais.

É importante destacar que, segundo o Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos, o empregador se responsabiliza pelos custos relacionados ao retorno do trabalhador estrangeiro a seu país de origem caso rescinda o contrato com o profissional antes do prazo inicial previsto no momento da autorização do visto.

O visto H-1B concede o green card?

Não, por se tratar de um visto não-imigrante, para a realização de trabalhos de natureza temporária, o visto H-1B não concede a seu portador o direito ao green card. No entanto, o profissional pode receber a residência permanente se atingir o limite máximo de permanência de seis anos e caso seja patrocinador pelo seu empregador.

Como morar nos Estados Unidos

Se você tem vontade de morar e trabalhar nos EUA, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Caso tenha o perfil para conseguir o green card ou outros vistos com os quais a AG trabalha, agendaremos uma primeira consulta (também sem custos) para indicar os vistos mais adequados para você e explicar como é possível obtê-los.

Na AG Immigration, lidamos com vistos de trabalho (imigratórios e não-imigratórios), vistos para atletas e artistas, green cards com base em parentesco, ajustes de status, expatriação e transferência internacional de executivos, vistos de investimentos, obtenção da cidadania americana e casos humanitários (deportações, asilos e refúgios).

Baixe o ebook e conheça melhor a AG Immigration

Na AG, auxiliamos nossos clientes a descobrirem as muitas oportunidades de green card que existem nos EUA, especialmente para profissionais que possuem uma carreira bem-sucedida e que desejam morar e trabalhar legalmente na América, e para isso oferecemos uma consulta gratuita de suas possibilidades imigratórias.

Quer saber mais? Faça o download do e-book institucional da AG e descubra que o sonho americano é possível e bem menos complicado do que você imagina.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

EUA devem emitir 300 mil novos vistos de trabalho

EUA devem emitir 300 mil novos vistos de trabalho

Os EUA devem emitir 300 mil novos vistos de trabalho para cidadãos do México e da América Central, anunciou o ministro de Relações Exteriores mexicano na última quarta-feira (22/6), de acordo com informações publicadas pela Reuters. Os novos vistos fazem parte do...

Qual a diferença entre os vistos EB-1 e EB-2?

Qual a diferença entre os vistos EB-1 e EB-2?

Os vistos EB-1 e EB-2 estão entre as opções imigratórias mais visadas por quem busca morar e trabalhar nos EUA. Afinal de contas, ambos possuem categorias que permitem ao imigrante conseguir o green card sem ter uma oferta de emprego. Mas você sabe qual a diferença...

Quanto custa se tornar um cidadão americano?

Quanto custa se tornar um cidadão americano?

Quanto custa se tornar um cidadão americano? A cidadania americana é um sonho para muitos imigrantes que querem viver com todos os direitos e benefícios assegurados na maior economia do mundo e em um dos países com maior qualidade de vida e segurança. Mas, será que...