Teste de Covid em viagem para os EUA

Os EUA vão eliminar a exigência de que viajantes internacionais que entrem pelos aeroportos do país tenham de apresentar um teste negativo de Covid-19 ou documento que comprove a recuperação da doença. A medida foi anunciada nesta sexta-feira (10/6) pelo secretário-assistente de imprensa da Casa Branca, Kevin Munoz, e entra em vigor à meia-noite de domingo (12/6). O CDC também confirmou a informação.

“Os EUA vão acabar com os requisitos de testagem de Covid-19 para os viajantes aéreos que entram no país”, disse Munoz no Twitter. Ainda de acordo com o oficial da Casa Branca, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças continuará avaliando a necessidade de testes “de acordo com a ciência e no contexto das variantes circulantes”.

Desde que os EUA reabriram suas fronteiras, em novembro do ano passado, o governo passou a exigir que os viajantes apresentassem o resultado negativo do teste de Covid-19 realizado no máximo um dia antes do pouso em solo americano. Agora, porém, isso não é mais necessário.

O Brasil é um dos países que mais enviam turistas para os EUA. Apenas nos quatro primeiros meses de 2022, já foram 315 mil, o que coloca o país na quinta colocação, atrás de México, Canadá, Reino Unido e França.

O fim da exigência do teste negativo para Covid-19 facilitará, portanto, a viagem de mais brasileiros aos EUA.  Vale lembrar que, em fevereiro, o Brasil já tinha aderido ao Global Entry, programa do governo americano que desburocratiza o processo de entrada nas alfândegas.

BRASIL ADERE AO GLOBAL ENTRY, PROGRAMA DE FACILITAÇÃO DE ENTRADA NOS EUA

Está pensando em ir para os EUA?

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Assim, caso tenha o perfil para conseguir o green card ou outros vistos com os quais trabalhamos, agendaremos uma consulta (sem custos) para explicar como obtê-los.