Imigrantes dos EUA cometem menos crimes do que americanos natos

Imigrantes tendem a cometer menos crimes nos EUA

Uma recente reportagem publicada pelo site americano de notícias NPR destacou que vários estudos têm consistentemente mostrado que imigrantes têm taxas de criminalidade mais baixas do que pessoas nascidas nos EUA. As pesquisas, conduzida por instituições respeitáveis como a Universidade de Stanford, desafia concepções comuns sobre comunidades imigrantes e crime.

POSSO TRABALHAR NOS EUA COM VISTO DE TURISTA?

ENTREI NOS EUA COMO TURISTA E RESOLVI FICAR. O QUE FAZER?

Um dos estudos mais abrangentes, liderado pelo economista Ran Abramitzky da Universidade de Stanford, analisou dados desde a década de 1960. Ele revelou uma descoberta surpreendente: imigrantes têm 60% menos probabilidade de serem encarcerados por eventuais crimes do que indivíduos nascidos nos EUA. Da mesma forma, um estudo de 2019 do Instituto CATO focado no Texas descobriu que imigrantes indocumentados tinham 37,1% menos probabilidade de serem condenados por crimes.

Além das taxas de encarceramento, as pesquisas também desmentem a noção de uma correlação entre imigrantes indocumentados e um aumento no crime. Investigações do The New York Times e do The Marshall Project, entre 2007 e 2016, não encontraram evidências de ligação entre imigrantes indocumentados e um aumento nos crimes violentos ou contra a propriedade em suas comunidades.

As razões subjacentes para essa discrepância no comportamento criminoso podem ser atribuídas a fatores como estabilidade e realização. De acordo com o estudo da Universidade de Stanford, imigrantes de primeira geração tendem a ter um desempenho melhor do que homens nascidos nos EUA que não concluíram o ensino médio, um grupo demográfico com taxas mais altas de encarceramento nos EUA.

Além disso, há um medo prevalente dentro das comunidades imigrantes de enfrentar repercussões legais e deportação, levando-os a evitar qualquer atividade que possa comprometer seu status de residência.

Apesar das evidências empíricas, a ideia equivocada de que imigrantes trazem crime ainda persiste em algumas comunidades. A NPR, por exemplo, publicou uma reportagem sobre um abrigo de migrantes em Staten Island, em Nova York, onde os residentes próximos expressaram preocupações com a segurança do bairro.

No entanto, dados do Departamento de Polícia da Cidade de Nova York indicaram que não houve aumento significativo no cometimento de crimes na região. Ou seja, a insegurança dos moradores era infundada.

Por isso, pesquisas como essas citadas neste post destacam a necessidade de desafiar estereótipos e basear percepções em evidências empíricas – não em desinformação. Os imigrantes desempenham um papel vital na sociedade, e reconhecer suas contribuições enquanto desmascara mitos é essencial para promover a inclusão e o entendimento.

128 PERGUNTAS E RESPOSTAS DA PROVA DE CIDADANIA AMERICANA

50 PERGUNTAS DA ENTREVISTA DO VISTO K-1 DE NOIVOS

VISTO EB-5: CADA VEZ MAIS BRASILEIROS VÃO INVESTIR NOS EUA

More legalmente nos EUA

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Assim, caso tenha o perfil para conseguir o green card americano ou outros vistos com os quais trabalhamos, agendaremos uma consulta sem custos para explicar como obtê-los.

A AG Immigration é um escritório de advocacia especializado em imigração para os EUA. Lidamos com vistos imigratórios, como EB-1, EB-2, EB-2 NIW, EB-3 e green cards baseados em parentesco. Além disso, também atuamos com vistos de trabalho temporário, asilo, deportação, remoção e outras áreas da imigração para quem quer trabalhar e morar nos EUA ou para empresas que desejam contratar mão de obra estrangeira no país (veja nossa página de Corporate).

As empresas dos EUA que mais contratam brasileiros – 2024

As empresas dos EUA que mais contratam brasileiros – 2024

Empresas dos EUA que mais contratam brasileiros - Edição 2024 A quantidade de empresas dos EUA que contrataram trabalhadores brasileiros subiu de 865, em 2022, para 1.271 no ano passado – alta de 46,9%. Entre as companhias que mais buscaram a mão de obra nacional...

Explode o número de brasileiros que pedem asilo nos EUA em 2023

Explode o número de brasileiros que pedem asilo nos EUA em 2023

Asilo de brasileiros para os EUA em 2023 A quantidade de pedidos brasileiros de asilo analisada pelos EUA em 2023 chegou a 7.715 – um salto de 162% em relação ao ano anterior e maior volume do qual se tem registro. Com isso, o Brasil passou a ser o 8º país com mais...