Espera do Agendamento do Visto de Turismo dos EUA

Desde novembro de 2021, quando a Embaixada dos EUA retomou o atendimento ao público brasileiro, o tempo de agendamento da entrevista consular – etapa obrigatória para quem solicita o visto de turismo pela primeira vez – não para de crescer. Um levantamento realizado pelo escritório de advocacia AG Immigration revela que, na última atualização do Departamento de Estado americano, a fila de espera atingiu recordes em quatro das cinco cidades onde o viajante nacional pode tirar o documento.

VISTO AMERICANO: COMO TIRAR, TAXAS, TIPOS E CURIOSIDADES

São Paulo registra o maior tempo: um turista que fizer seu agendamento consular hoje só terá data disponível para daqui a 610 dias – ou, seja, 20 meses. São quase dois anos de espera.

A capital paulista é seguida por Brasília (493 dias), Porto Alegre (473), Rio de Janeiro (463) e Recife (449). Todas elas, com exceção dos cariocas, nunca viram uma fila tão grande. Na média, são 497 dias de aguardo no Brasil, o maior valor já registrado. O País é o sétimo que mais sofre com essa demora, à frente de nações como Índia, Iraque, Chile, Peru e Argentina.

Os dados foram consultados na semana de 23 de maio de 2023.

Para o advogado de imigração Felipe Alexandre, sócio da AG Immigration, as medidas tomadas pela Embaixada dos EUA no Brasil, que desde o ano passado vem contratando mais oficiais consulares para ampliar sua capacidade de atendimento, ainda não surtiram efeitos práticos.

IMIGRANTES PODEM SER CONVOCADOS PELAS FORÇAS ARMADAS DOS EUA?

De acordo com ele, embora em março tenham sido emitidos 101 mil vistos de negócio e turismo (B1/B2) para brasileiros – maior volume da história e um salto de 41% sobre fevereiro –, a demanda pelo documento é tão grande que a fila não consegue parar de crescer, mesmo com mais funcionários disponíveis para atender ao público. O B1/B2 representa 95% de todas as emissões de vistos americanos no Brasil.

Na última quarta-feira (24/5/2023), durante o IPW 2023, um dos principais eventos da indústria de turismo dos EUA, Chris Thompson, o CEO do Brand USA, órgão de promoção ligado ao governo americano, disse que os prazos atuais para emissão dos vistos são “inaceitáveis”. Além do Brasil, vários outros países, como México e Canadá, sofrem com a demora. A expectativa do executivo da Brand USA é de que, até o final deste ano, o tempo máximo de espera reduza para 30 dias.

Histórico da fila espera nos postos diplomáticos dos EUA – Visto B1/B2

Países com as maiores médias de fila de espera (em dias)

Cidades com os maiores tempo de espera para o visto B1/B2 (em dias)

  1. Bogotá: 755
  2. Guadalajara: 731
  3. Cidade do México: 730
  4. Toronto: 683
  5. Ottawa: 676
  6. Quebec: 676
  7. Nogales: 665
  8. Halifax: 652
  9. Vancouver: 650
  10. Mérida: 619
  11. São Paulo: 610
  12. Brasília: 493
  13. Porto Alegre: 473
  14. Rio de Janeiro: 463
  15. Recife: 449

Quer morar permanentemente nos EUA?

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Assim, caso tenha o perfil para conseguir o green card americano ou outros vistos com os quais trabalhamos, agendaremos uma consulta sem custos para explicar como obtê-los.

A AG Immigration é um escritório de advocacia especializado em imigração para os EUA. Lidamos com vistos imigratórios, como EB-1, EB-2, EB-2 NIW, EB-3 e green cards baseados em parentesco. Além disso, também atuamos com vistos de trabalho temporário, asilo, deportação, remoção e outras áreas da imigração para quem quer trabalhar e morar nos EUA ou para empresas que desejam contratar mão de obra estrangeira no país (veja nossa página de Corporate).