Resumo da notícia “EUA mantêm ofertas de trabalho em alta com 11,4 milhões de vagas abertas em abril”.

  • EUA seguem com patamares elevados de vagas abertas, com mais de 11 milhões
  • Desemprego mantém em um dos percentuais mais baixos em 50 anos
  • Cenário positivo indica momento propício no mercado para imigrantes
  • Contratações têm saldo positivo de 600 mil

Vagas abertas nos EUA em abril

Os EUA encerraram o mês de abril com 11,4 milhões de vagas abertas, um dos maiores patamares históricos. O saldo de contratações foi positivo em 600 mil. É o que revelam os dados divulgados nesta quarta-feira (1/6) pelo Departamento de Trabalho do país.

A pequena queda do número em relação ao balanço anterior (11,5 milhões) é neutralizada pela forte base de comparação, já que a quantia de março foi a maior da história. Os níveis de desemprego seguem baixos, com os mesmos 3,6%, um dos menores dos últimos 50 anos.

Para o CEO da AG Immigration, Rodrigo Costa, o termômetro positivo não deixa dúvidas de que o cenário do mercado de trabalho norte-americano segue oportuno para estrangeiros que procuram uma vida sólida por lá. Mais do que isso, indica a necessidade de os EUA incentivarem o preenchimento destas posições o quanto antes.

DESCUBRA OS EMPREGOS EM ALTA NOS EUA

“O País precisa de mão de obra, e a disponibilidade de profissionais é escassa. Uma força-tarefa de inclusão de imigrantes economicamente ativos e regularizados poderia ser fundamental e estratégica para suprir esta lacuna e colaborar com um crescimento ainda maior da economia norte-americana, que segue em franca expansão”, afirma.

Contratações e demissões

O levantamento mostrou, ainda, que foram registradas 6,6 milhões de contratações em abril e 6 milhões de demissões, um saldo positivo de 600 mil novas posições abertas. Já os pedidos de demissão totalizaram 4,4 milhões, o que não significa um parâmetro negativo, conforme esclarece Rodrigo Costa.

“Quando as empresas passam a disputar bons profissionais e a mão de obra fica escassa, eles começam a escolher as melhores oportunidades em ritmo mais frequente, o que gera este movimento natural”.

Setores com mais vagas abertas

Os setores que mais registraram novas vagas abertas foram os de Transporte e Armazenagem, com 53 mil posições e o de Bens Não-duráveis, com 67 mil. Já os segmentos que mais perderam vagas foram os de Saúde e Assistência Social (-266 mil) e o de Varejo (-162 mil).

Acomodação e Serviços de Alimentação tiveram uma queda de 113 mil colocações. Mesmo assim, todos os setores que registraram queda seguem como aqueles que ainda mais precisam de mão de obra nos EUA.

Tem o sonho de trabalhar nos EUA?

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Assim, caso tenha o perfil para conseguir o green card ou outros vistos com os quais trabalhamos, agendaremos uma consulta (sem custos) para explicar como obtê-los.