No final de dezembro, o governo americano emitiu uma regra que acelera o pedido de renovação das autorizações de trabalho (EAD) para profissionais da saúde.

A partir de agora, caso o profissional tenha um pedido de renovação da sua autorização de trabalho (Employment Authorization Document, como é chamada em inglês) pendente e prestes a vencer em 30 dias ou menos, ele pode solicitar que a análise de seu requerimento seja acelerada.

A medida, ainda que válida apenas para renovações, vai ao encontro da estratégia do governo americano de facilitar a entrada dos profissionais de saúde no país, abrindo uma grande oportunidade para médicos, enfermeiros, dentistas, fisioterapeutas, dentre outros profissionais da área da saúde de países como o Brasil.

Existe atualmente uma grande escassez desse tipo de mão de obra nos Estados Unidos, e por isso há diversas vagas de emprego para médicos, enfermeiros, dentistas, fisioterapeutas abertas em todo o território americano.

De acordo com o Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos, a pessoa que solicitar a aceleração na análise do pedido de renovação deverá estar preparada para fornecer provas de sua profissão ou emprego atual como trabalhador da área da saúde.

O EAD é uma autorização de trabalho destinada a imigrantes que ainda não obtiveram a residência permanente. Em geral, é concedida para quem está aguardando a conclusão do processo de deportação ou de solicitação de asilo, requerentes de green cards e de ajustes de status ou, também, para estrangeiros que estejam nos Estados Unidos sob um visto que não permite o trabalho, mas que por alguma razão solicitam a permissão para que possam atuar profissionalmente de maneira remunerada no país.

+ Saiba Mais: EUA aumenta para dois anos a validade das licenças de trabalho para refugiados e asilados