EUA e a vacina contra Covid-19

A Casa Branca anunciou, nesta segunda-feira (1/5/2023), que acabará com a exigência de vacina contra Covid-19 para viajantes internacionais que cheguem aos EUA pelos aeroportos do país. A medida passa a valer ao final do dia 11 de maio, data em que se encerra o estado de emergência de saúde pública decretado em 2020.

AS EMPRESAS DOS EUA QUE MAIS CONTRATAM BRASILEIROS

COMO FUNCIONA O SALÁRIO MÍNIMO NOS EUA?

IMIGRANTES PODEM SER CONVOCADOS PELAS FORÇAS ARMADAS DOS EUA?

O fim da obrigatoriedade de vacinação contra Covid-19 também se aplicará a funcionários públicos diretos e terceirizados da administração federal.

“Os requisitos de vacinação da nossa administração ajudaram a garantir a segurança dos trabalhadores em forças de trabalho críticas, incluindo aqueles nos setores de saúde e educação, protegendo a si mesmos e as populações a que servem, e fortalecendo sua capacidade de fornecer serviços sem interrupções”, afirma o comunicado da Casa Branca.

O governo dos EUA ainda anunciou que, em breve, também encerrará a restrição da vacinação obrigatória para educadores do programa Head Start, voltado para crianças e famílias de baixa renda, e em estabelecimentos credenciados pelo sistema público de saúde. Alguns imigrantes da região de fronteira também deverão ser beneficiados com a medida. “Nos próximos dias, mais detalhes relacionados ao término dessas obrigações serão fornecidos”, disse a Casa Branca.

O estado de emergência de saúde pública da Covid-19 foi decretado em 31 de janeiro de 2020 pelo então secretário de Saúde e Recursos Humanos dos EUA, Alex M. Azar II. Deste então, foi renovado 13 vezes. A última foi em 9 de fevereiro de 2023. Na ocasião, o atual secretário, Xavier Becerra, já havia anunciado que aquela seria a última renovação do estado de emergência, que valeria, portanto, somente até 11 de maio.

Medida valerá para green cards?

Não. Desde 1º de outubro de 2021, a vacina contra Covid-19 está entre aquelas exigidas para candidatos ao green card – documento que garante a residência permanente nos EUA, sendo obrigatória a apresentação de documentos que garantam a imunização completa contra o coronavírus. O novo anúncio da Casa Branca não impacta por enquanto esses solicitantes de green card, mas é possível que ao longo do ano o fim da exigência de vacinação também venha a se aplicar a eles.

Morar nos EUA

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Assim, caso tenha o perfil para conseguir o green card americano ou outros vistos com os quais trabalhamos, agendaremos uma consulta sem custos para explicar como obtê-los.

A AG Immigration é um escritório de advocacia especializado em imigração para os EUA. Lidamos com vistos imigratórios, como EB-1, EB-2, EB-2 NIW, EB-3 e green cards baseados em parentesco. Além disso, também atuamos com vistos de trabalho temporário, asilo, deportação, remoção e outras áreas da imigração para quem quer trabalhar e morar nos EUA ou para empresas que desejam contratar mão de obra estrangeira no país (veja nossa página de Corporate).