Estados processam Biden

Más notícias para a administração Biden. Vinte estados controlados pelo Partido Republicano entraram com uma ação na justiça federal, nesta terça-feira (24/1), pedindo que o governo americano interrompa o programa criado no começo do mês que permitirá que até 30 mil imigrantes de Haiti, Nicarágua e Cuba entrem todos os meses nos EUA.

A ação foi protocolada no estado do Texas. A petição alega que o programa criado pela administração Biden extrapola as atribuições previstas em lei para o Poder Executivo e que o projeto deveria ter sido submetido à consulta pública antes de ser implementado oficialmente.

AS EMPRESAS DOS EUA QUE MAIS CONTRATAM BRASILEIROS

COMO FUNCIONA O SALÁRIO MÍNIMO NOS EUA?

A política de Biden “equivale à criação de um novo programa de vistos que permite que centenas de milhares de estrangeiros entrem nos Estados Unidos, que de outra forma não teriam base para fazê-lo”, afirmam os estados no processo.

Desde que Biden assumiu a presidência, a questão imigratória tem sido uma das principais fontes de crise política para o seu governo. Ao longo de 2022, a quantidade de imigrantes na fronteira dos EUA, tentando entrar ilegalmente no país, bateu sucessivos recordes, fechando o ano com mais de 3 milhões de encontros – 33,5% acima do montante de 2021, segundo dados do Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA (CBP, na sigla em inglês).

Em resposta ao processo, a Casa Branca emitiu uma nota dizendo que os estados governados pelo Partido Republicano já “bloquearam a reforma abrangente da imigração e o financiamento para a segurança das fronteiras, e agora estão tentando bloquear um programa que reduziu drasticamente o número de migrantes que tentam entrar ilegalmente no país, ao mesmo tempo em que fornece uma segurança legal e uma via ordenada para a migração de pessoas que fogem do comunismo ou do colapso econômico”, disse em alusão às várias outras tentativas de judicialização da política imigratória de Biden feitas pelos governadores republicanos nos últimos dois anos.

De acordo com o jornal Texas Tribune, o estado do Texas entrou com mais de 20 ações na justiça federal contra a administração Biden, muitas delas visando as políticas de imigração do atual presidente. “A maioria dos processos foi apresentada em tribunais presididos por juízes nomeados pelo ex-presidente Trump”, diz o jornal.

Qual a importância de um advogado de imigração?

O advogado de imigração Felipe Alexandre, sócio-fundador da AG Immigration, explica a importância de ter um profissional auxiliando sua ida para os EUA.

Viva legalmente nos EUA

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Assim, caso tenha o perfil para conseguir o green card ou outros vistos com os quais trabalhamos, agendaremos uma consulta sem custos para explicar como obtê-los.

A AG Immigration é um escritório de advocacia especializado em imigração para os EUA. Lidamos com vistos imigratórios, como EB-1, EB-2, EB-2 NIW, EB-3 e green cards baseados em parentesco. Além disso, também atuamos com vistos de trabalho temporário, asilo, deportação, remoção e outras áreas da imigração para quem quer trabalhar e morar nos EUA.