Turistas brasileiros nos EUA

Levantamento realizado pela consultoria imigratória AG Immigration – especializada em green cards americanos – mostra que o Brasil foi o sétimo país que mais enviou turistas aos EUA em 2022. Ao todo, cerca de 1,2 milhão de brasileiros foram à terra do Tio Sam no ano passado, atrás apenas dos viajantes de Canadá, México, Reino Unido, Alemanha, França e Índia.

IMIGRANTES PODEM SER CONVOCADOS PELAS FORÇAS ARMADAS DOS EUA?

Os números foram coletados junto ao Escritório Nacional de Turismo e Viagem dos EUA e referem-se aos estrangeiros que passaram pelo menos uma noite em solo americano. Considerando-se todas as nacionalidades, foram 48,7 milhões visitas aos EUA em 2022.

Mesmo com a sétima posição, o Brasil está longe dos patamares pré-pandêmicos. Em 2021 e 2020, por exemplo, a quantidade de brasileiros fazendo turismo nos EUA foi de 239 mil e 423 mil, respectivamente – volume bastante impactado pelas restrições fronteiriças. Em 2019, contudo, quando essas limitações ainda não existiam, o número passou de 2,1 milhões. O recorde é de 2014, com 2,274 milhões de brasileiros entrando como turistas na América. Naquela época, o dólar girava em torno de R$ 2,3 e o Brasil vinha de um crescimento de 2,3% no seu Produto Interno Bruto (PIB) no ano anterior.

De acordo com Rodrigo Costa, CEO da AG Immigration, 2022 foi um “ano de transição” para a indústria turística. “Ainda que as principais restrições de viagem entre os dois países, incluindo a obrigatoriedade do teste de Covid, tenham sido levantadas ou já não estivessem mais em vigor no ano passado, as pessoas continuaram receosas e sem planos concretos de viajar. O dólar a quase R$ 6 no começo de 2022 também foi algo que assustou”, comenta o empresário, que mora em Orlando, um dos principais destinos dos brasileiros.

AS EMPRESAS DOS EUA QUE MAIS CONTRATAM BRASILEIROS

COMO FUNCIONA O SALÁRIO MÍNIMO NOS EUA?

DESCUBRA AS PROFISSÕES QUE MAIS ESTÃO CRESCENDO NOS EUA!

Para 2023, porém, o CEO da AG Immigration acredita que o número de viajantes brasileiros nos EUA crescerá novamente. Nem mesmo o tempo de espera elevado para a emissão do visto – que em São Paulo passa dos 500 dias – deve mudar a tendência de aumento.

“Vai ser interessante observar o comportamento do brasileiro ao longo do ano. Mas acredito que, mesmo sem perspectivas de que o dólar fique mais barato, as pessoas vão compensar o tempo perdido na pandemia para realizar a viagem dos sonhos – e os EUA despontam como o destino favorito. Talvez não chegue ainda ao patamar dos 2 milhões, mas será um bom crescimento”.

De acordo com a Embaixada dos EUA no Brasil, existem mais de 6,2 milhões de vistos de turismo válidos atualmente entre os brasileiros.

Países que mais enviaram turistas aos EUA em 2022

  1. Canadá: 13,01 milhões*
  2. México: 11,76 milhões*
  3. Reino Unido: 3,46 milhões
  4. Alemanha: 1,48 milhões
  5. França: 1,31 milhões
  6. Índia: 1,25 milhões
  7. Brasil: 1,22 milhões
  8. Colômbia: 943 mil
  9. Coreia do Sul: 919 mil
  10. Espanha: 773 mil

*Os dados de Canadá e México referem-se ao período jan-nov, em razão da defasagem padrão na divulgação dos dados desses dois países. Para os demais, os dados compreendem o ano de 2022 inteiro.

Quantidade anual de brasileiros viajando aos EUA

Viva legalmente nos EUA

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Assim, caso tenha o perfil para conseguir o green card americano ou outros vistos com os quais trabalhamos, agendaremos uma consulta sem custos para explicar como obtê-los.

A AG Immigration é um escritório de advocacia especializado em imigração para os EUA. Lidamos com vistos imigratórios, como EB-1, EB-2, EB-2 NIW, EB-3 e green cards baseados em parentesco. Além disso, também atuamos com vistos de trabalho temporário, asilo, deportação, remoção e outras áreas da imigração para quem quer trabalhar e morar nos EUA ou para empresas que desejam contratar mão de obra estrangeira nos EUA (veja nossa página de Corporate).