O sonho de virar oficialmente cidadão dos EUA é perfeitamente viável quando se tem o suporte jurídico correto e a consultoria que te dá o caminho mais curto para concretizar um processo seguro de naturalização/cidadania. No entanto, alguns trâmites específicos do governo e condutas burocráticas podem, eventualmente, atrasar o processo.

É exatamente o caso – no contexto da pandemia – relatado por um grupo de imigrantes que decidiu processar o governo norte-americano por conta da demora excessiva no processo de cidadania, o que está impedindo com que prossigam com suas perspectivas e metas no país.

Nesta semana, o site da rádio NPR, organização de mídia independente com uma audiência média de 50 milhões de pessoas por semana, destacou o drama do grupo, que afirma que seus pedidos de cidadania americana estão congelados em um local de armazenamento.

A alegação central dos reclamantes é que os atrasos sem justificativas têm mantido os pedidos de cidadania travados por anos, sem avanços nas etapas. É preciso contextualizar que a agência habilitada para este trâmite é o Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS).

No entanto, o processo alega que a agência teria transferido uma grande quantidade de pedidos de cidadania americana para uma instalação de armazenamento no início da pandemia e, depois disso, nunca mais recuperou os documentos, o que paralisou a esperança dos imigrantes de se tornarem cidadãos dos EUA.

Passado o período critico da pandemia, somente agora é que a agência está trabalhando em sua capacidade produtiva plena novamente e, por isso, os candidatos que sofreram com o atraso estão exigindo priorização no mesmo ritmo.

Para explicar a situação, a advogada Kate Melloy Goettel, diretora jurídica de litígios no American Immigration Council, uma organização legal sem fins lucrativos que traz essa ação em nome de imigrantes, deu detalhes a um podcast do site sobre o que pode estar ocorrendo e esclareceu dúvidas. Veja os principais pontos reforçados por ela:

  • É fato que há muitas pessoas frustradas por terem solicitado a naturalização, já ouvimos elas e realmente os pedidos estavam bloqueados.
  • Descobrimos que o motivo principal era porque os arquivos de imigração precisavam ser recuperados do Centro Nacional de Registros que opera uma caverna de calcário na área de Kansas City.
  • Entendemos também que muitas dessas pessoas estavam já querendo votar nas eleições e outras só queriam ser um membro da sociedade americana.
  • Averiguamos também que alguns acabaram de saber que não estão avançando justamente porque seus arquivos de imigração estão nessa caverna, e eles precisam deles para prosseguir com o agendamento da entrevista de naturalização.
  • Sendo assim, já estamos pedindo ao tribunal que diga aos Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA, bem como aos Arquivos Nacionais, que priorizem esses pedidos de naturalização e que entrem lá e tentem tirar esses pedidos para que possam avançar com o processamento dos formulários.
  • Está tudo ainda sem uma explicação sistemática, mas a boa notícia é que conhecemos muitas histórias de pessoas que entraram com as queixas e já estão sendo agendadas para suas entrevistas de naturalização e realmente indo em frente e fazendo o juramento de naturalização.

Como obter a cidadania

Existem duas maneiras de obter a cidadania por meio de pais cidadãos americanos: no nascimento e após o nascimento, mas antes dos 18 anos de idade. O Congresso promulgou leis que determinam como a cidadania é transmitida por um pai cidadão americano (ou pais) a crianças nascidas fora dos Estados Unidos.

A lei em vigor no momento do nascimento determina que alguém nascido fora dos Estados Unidos, filho de pai (ou pais) americano, automaticamente também carrega a cidadania americana. Em geral, essas leis exigem que pelo menos um dos pais seja cidadão americano e que o pai ou mãe cidadão americano tenha vivido nos Estados Unidos por um determinado tempo.

Ao tornar-se um cidadão americano, você está reiterando seu compromisso e lealdade com o país que oferece as melhores oportunidades profissionais e pessoais em todo o mundo.

Formas de obter a cidadania americana

  • Ser filho de um cidadão americano
  • Ser um residente permanente legal há 5 anos
  • Ser casado com um cidadão americano
  • Servir nas Forças Armadas dos EUA