EUA propõem novo cartão de identificação para imigrantes

Novo cartão de identificação para imigrantes nos EUA - AG Immigration

O governo americano propôs a criação de um novo cartão de identificação para imigrantes indocumentados. O programa de criação deste novo documento – que deve se chamar ICE Secure Docket Card já tem uma verba de US$ 10 milhões prevista para o orçamento de 2023. Resta saber se o Congresso dos EUA irá aprovar a alocação deste montante para que o projeto seja criado.

O novo cartão de identificação para imigrantes seria destinado a todos aqueles estrangeiros sem status legal e que esperam a definição de seus pleitos imigratórios junto às autoridades americanas ou na corte de justiça do país.

COMO OBTER O GREEN CARD PARA MORAR NOS EUA?

Com o ICE Secure Docket Card, esses imigrantes poderiam acessar serviços básicos, como moradia, transporte e saúde, além de benefícios públicos federais e estaduais.

Além disso, o documento ajudaria a reduzir a burocracia no sistema de imigração dos EUA, permitindo que a pessoa se apresente em postos de identificação em qualquer lugar do país e veja o andamento de seu processo por meio de um aplicativo. Com isso, a quantidade de pedidos feitos por meio do FOIA (Freedom of Information Act, o equivalente à Lei de Acesso à Informação brasileira) seriam significativamente reduzidos.

Outro benefício é que, caso o imigrante seja parado na rua por autoridades policiais, ele facilmente terá como provar que já se encontra no sistema imigratório dos EUA.

Em entrevista ao site de notícias Axios, um representante da Polícia de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos (ICE), “O ICE Secure Docket Card faz parte de um programa piloto para modernizar várias formas de documentação fornecidas a não cidadãos em liberdade provisório, por meio de um cartão consistente, verificável e seguro”.

Ainda de acordo com o site notícias, o novo cartão de identificação para imigrantes deverá conter um QR code, foto e identificações biométricas.

A aprovação do projeto de lei orçamentário para 2023 deve acontecer até o final de setembro, podendo o programa do ICE Secure Docket Card ser mantido ou não no texto.

O novo cartão de identificação para imigrantes não substitui o green card, que é justamente o documento que o indivíduo recebe para poder morar e trabalhar permanente nos EUA depois que sua situação é regularizada (e caso ele atenda a determinados critérios de elegibilidade).

Essa é a hora para morar nos EUA

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Assim, caso tenha o perfil para conseguir o green card ou outros vistos com os quais trabalhamos, agendaremos uma consulta sem custos para explicar como obtê-los.

A AG Immigration é um escritório de advocacia especializado em imigração para os EUA. Lidamos com vistos imigratórios, como EB-1, EB-2, EB-2 NIW, EB-3 e green cards baseados em parentesco. Além disso, também atuamos com vistos de trabalho temporário, asilo, deportação, remoção e outras áreas da imigração para quem quer trabalhar e morar nos EUA.

Baixe o ebook e conheça melhor a AG Immigration

Na AG, auxiliamos nossos clientes a descobrirem as muitas oportunidades de green card que existem nos EUA, especialmente para profissionais que possuem uma carreira bem-sucedida e que desejam morar e trabalhar legalmente na América, e para isso oferecemos uma consulta gratuita de suas possibilidades imigratórias.

Quer saber mais? Faça o download do e-book institucional da AG e descubra que o sonho americano é possível e bem menos complicado do que você imagina.

Quais universidades americanas fazem parte da Ivy League?

Quais universidades americanas fazem parte da Ivy League?

Quem assiste filmes e séries americanas ou já pensou em estudar nos EUA, já se deparou com a expressão “Ivy League”, conhecida em toda a América. Mas você sabe o que significa esse termo? QUANTO GANHA UM PROFISISONAL DE TI NOS EUA? QUANTO GANHA UM ENGENHEIRO NOS EUA?...