Empregos criados nos EUA em fevereiro de 2023

Em fevereiro, as empresas dos EUA contrataram 311 mil trabalhadores não rurais a mais do que em janeiro, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (10) pelo Departamento de Trabalho americano. Trata-se de uma queda de 38% sobre as 504 mil novas contratações do mês anterior.

AS EMPRESAS DOS EUA QUE MAIS CONTRATAM BRASILEIROS

COMO FUNCIONA O SALÁRIO MÍNIMO NOS EUA?

Com isso, nos dois primeiros meses de 2023, os EUA já adicionaram um total de 815 mil vagas de trabalho à economia do país – recuo de 35% sobre o mesmo período de 2021.

Os setores que mais geraram empregos em fevereiro de 2023 foram os de lazer e hospitalidade (105 mil contratações a mais do que em janeiro), saúde e assistência social (62 mil), varejo (50 mil), governos (46 mil) e serviços profissionais e empresariais (45 mil).

Já os segmentos com pior desempenho foram o de informação, que perdeu -25 mil empregos em janeiro, e o de transporte e armazenamento (-21 mil).

“A queda no setor de informação está muito motivada pelos layoffs das empresas de tecnologia. É preciso ver agora como o mercado de trabalho vai se comportar nos próximos meses, dado o desaquecimento nas contratações”, comenta Rodrigo Costa, CEO da AG Immigration, escritório de advocacia especializado em vistos de trabalho para imigrantes que querem seguir carreira nos EUA.

Taxa de desempregos dos EUA em fevereiro de 2023

O relatório do Departamento de Trabalho dos EUA também revelou que a taxa de desemprego oficial do país subiu dois décimos, para 3,6% em fevereiro de 2023. Com isso, a quantidade de pessoas sem emprego subiu para 5,9 milhões em números totais.

Como atualmente existem 10,8 milhões de vagas abertas no país, segundo o próprio governo americano divulgou na quarta, isso significa que mesmo que todos os desempregados dos EUA fossem contratados, ainda assim restariam 4,9 milhões de posições precisando ser preenchidas. “É uma conjuntura que apresenta duas soluções: aumentar a participação dos jovens na força de trabalho, sobretudo por meio de cursos técnicos, e facilitar a contratação de imigrantes. Sem isso, não será possível dar conta da demanda por trabalhadores”, analisa Costa.

Os dados oficiais mostram que o desemprego nos EUA é maior entre adolescentes (11,1%) e negros (5,7%). Ainda de acordo com os números, a taxa de participação da força de trabalho manteve-se praticamente estável, em 62,5% (ante 62,4% em janeiro) – o que mostra a dificuldade em avançar nesse indicador. A estatística mede a quantidade de americanos que estão trabalhando em relação à população total.

Ao todo, segundo o Departamento de Trabalho, são 155 milhões de americanos registrados nas folhas de pagamento das empresas.

Salário médio nos EUA em fevereiro de 2023

A remuneração média por hora para os trabalhadores dos EUA chegou a US$ 33,09 em fevereiro de 2023. No acumulado dos últimos doze meses, a alta é de 4,6% – menor, contudo, do que a inflação oficial, que é de 6,4%.

Considerando que, na média, trabalham-se 2.080 horas por ano, a remuneração padrão de um americano ficou na casa dos US$ 68,8 mil anuais (ou R$ 28,6 mil por mês, na conversão cambial de cinco reais para cada dólar).

Já a média de horas trabalhadas na semana caiu levemente para 34,5 horas, após registrar 34,6 no mês anterior.

Empregos criados nos EUA em 2023

Fonte: United States Non Farm PayrollsUS Bureau of Labor Statistics

Quais profissões estão em falta nos EUA?

Centenas de profissões estão em falta nos Estados Unidos. Isto acontece porque existem mais oportunidades de trabalho no país do que pessoas capacitadas e exercer inúmeras atividades, principalmente aquelas que exigem conhecimento técnico e experiência, como medicina, fisioterapia, enfermagem, odontologia, TI, engenharia, aviação e uma série de outras áreas.

Assista abaixo ao vídeo em que nosso advogado de imigração Felipe Alexandre, sócio-fundador da AG Immigration, explica sobre as profissões em falta nos EUA.

Viva legalmente nos EUA

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Caso tenha o perfil para conseguir o green card ou outros vistos com os a AG Immigration trabalha, agendaremos uma consulta sem custos para explicar como obtê-los.