Conheça o visto B1/B2 para turismo e/ou negócios nos EUA

O visto B1/B2 é o mais conhecido e solicitado visto americano. Sua nomenclatura engloba dois tipos de vistos que por muitos anos foram emitidos separadamente: o B1 (negócios) e o B2 (turismo). Trata-se, portanto, de um visto para viajar temporariamente aos EUA, tanto para visitar o país quanto para a participação em seminários, workshops, visitas técnicas, conferências e uma série de outras atividades comerciais.

Como qualquer visto temporário, o B1/B2 não concede nenhum tipo de direito a moradia ou benefício imigratório. Ele também não permite que uma pessoa tenha um emprego ou estude em tempo integral nos EUA.

De acordo com a reciprocidade atual entre Brasil e Estados Unidos, a validade máxima de um visto B1/B2 é de 10 anos, e o tempo máximo de permanência nos EUA é de 6 meses. Qualquer violação do tempo permitido é considerada uma infração grave para o governo americano, e pode resultar em uma série de penalidades ao infrator que vão desde o cancelamento do visto até a deportação e inelegibilidade permanente para entrar no país

Embora na grande maioria das vezes o visto B1/B2 seja emitido para turismo e/ou negócios, existem situações específicas onde somente o visto B1 (negócios) é emitido, como no caso de babás ou funcionários domésticos viajando a trabalho para os Estados Unidos.

QUAIS OS CRITÉRIOS PARA APROVAÇÃO DO VISTO DE TURISMO E/OU NEGÓCIOS?

Todos os solicitantes de vistos B1/B2 precisam demonstrar durante uma entrevista com um oficial consular americano, seja em uma Embaixada ou Consulado dos EUA, que não pretendem permanecer no país após o tempo permitido, ou se aproveitarem da viagem aos Estados Unidos para exercerem atividades que não condizem com aquelas autorizadas pelas regras do B1/B2, como trabalhar ou estudar integralmente, ou ainda para se aproveitarem indevidamente de benefícios públicos americanos.

Em geral, esta demonstração é feita através da comprovação de laços financeiros, familiares e sociais que o solicitante ao visto possui, e que expliquem o porquê ele retornará a seu país após a pretendida viagem aos EUA. Entre os muitos documentos que podem ajudar nesta comprovação estão: impostos de renda, contratos sociais, certidões de imóveis, extratos bancários ou de investimentos e uma série de outros documentos que ajudem a demonstrar que o solicitante possui uma vida suficientemente estável.

No caso de viagens a negócios, é também fundamental apresentar uma carta timbrada oficial da empresa empregadora ou que estiver se responsabilizando pela viagem explicando o motivo da viagem profissional que será desempenhada pelo candidato ao visto B1/B2.

Como funciona o processo de solicitação do visto B1/B2?

Como acontece nos demais vistos temporários, o primeiro passo para dar entrada no visto B1/B2 é preencher o formulário DS-160, pagar a taxa de solicitação (atualmente no valor de US$ 160,00) e fazer seu agendamento. Todos esses procedimentos são feitos online.

Na maioria dos casos, é preciso comparecer inicialmente em um centro de atendimento ao solicitante (CASV) e posteriormente na Embaixada ou Consulado americano mais próximo de onde o solicitante reside para uma entrevista com o oficial consular. Porém, em muitos casos de renovação de visto, basta agendar somente para a entrevista.

No dia agendado para a solicitação será preciso ainda levar o passaporte válido, uma foto nos formatos 5x5cm ou 5x7cm, comprovação de pagamento da taxa consular e quaisquer outros documentos que o solicitante possua no sentido de comprovar seus laços financeiros, familiares e sociais, como explicado acima.

Para verificar todas as informações sobre os procedimentos e documentos necessários para solicitar um visto de negócios e/ou turismo (B1/B2) no Brasil, acesse o site da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília: https://br.usembassy.gov/pt/.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por dentro do Texas

Por dentro do Texas

Conheça um dos estados mais fascinantes dos EUA  ETIMOLOGIA E CURIOSIDADES O nome Texas deriva de “Tejas”, uma palavra indígena que significa "amigos”, e o apelido do estado é Lone Star State, por causa da estrela solitária que existe em sua bandeira. Entre as...

PANDEMIA AMPLIA DISTÂNCIA ECONÔMICA ENTRE BRASIL E EUA

PANDEMIA AMPLIA DISTÂNCIA ECONÔMICA ENTRE BRASIL E EUA

Crescimento inédito da economia americana contrasta com recessão e desemprego recorde no Brasil. O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos teve um crescimento inédito de 33,1% no terceiro trimestre de 2020, na comparação com o trimestre anterior. O número é do...

Conheça a Califórnia, o estado mais “dourado” dos EUA

Conheça a Califórnia, o estado mais “dourado” dos EUA

POPULAÇÃO A Califórnia está localizada na região dos estados do Pacífico. É o estado mais populoso dos Estados Unidos, com 37 253 956 habitantes, e é o terceiro em extensão territorial, superado apenas pelo Alasca e pelo Texas. Das 20 maiores cidades dos Estados...