Cidades-santuário para imigrantes

Os EUA são uma das nações mais idealizadas do mundo, com milhões e milhões de imigrantes buscando uma oportunidade de morar e trabalhar no país todo mundo. Muitos deles entram na América legalmente, mas vários buscam vias ilegais para viver nos EUA, já que nem sempre se qualificam para os critérios de elegibilidade do green card.

Apenas de janeiro a agosto de 2022, por exemplo, as autoridades de polícia flagraram 1,9 milhão de tentativas de imigrantes atravessando a fronteira ilegalmente. Isso faz com que alguns políticos se incomodem com o alto volume de “invasão” de estrangeiros no país, tentando impor leis e regras mais rigorosas de imigração.

Por outro lado, alguns políticos defendem que a imigração é o berço sobre o qual o EUA foi construído ao longo de sua história e, consequentemente, buscam criar legislações que facilitem a entrada de estrangeiros no país.

É nesse contexto que surgem as cidades-santuário.

De acordo com o Serviço Luterano de Refugiados e Imigração dos EUA (LIRS, na sigla em inglês), as cidades-santuário defendem os ideais de direitos humanos, a separação das leis locais e federais e o empoderamento das comunidades para crescer com a ajuda dos imigrantes. “As cidades que perseguem políticas de cidade santuário o fazem por várias razões, todas as quais se relacionam em algum nível com os direitos humanos e o crescimento da comunidade”, diz o LIRS.

O que é uma cidade-santuário para imigrantes?

Em geral, uma cidade-santuário é aquela que garante, por meio de leis, mais direitos aos imigrantes indocumentados e documentados e que limitam, em maior ou menor grau, a cooperação das autoridades locais com a polícia federal de imigração (ICE).

Com isso, as cidades-santuário esperam reduzir o medo de deportação dos imigrantes que vivem nessas localidades e estimulam que eles se integrem à comunidade, participando da força de trabalho e inovando.

Na prática, isto significa que uma cidade-santuário, por exemplo, vai permitir que imigrantes em situação ilegal possam acessar os serviços básicos de saúde, possam ser impedidos de terem seu status imigratório revelado em certas condições ou possa tirar a carteira de motorista.

Com isso, são lugares mais amigáveis aos imigrantes, uma vez que já têm uma cultura de acolhimento mais madura e livre de eventuais preconceitos.

Quais são cidades-santuário nos EUA

Como “cidade-santuário” não é um termo legal ou oficial, não existe uma determinação formal de quando uma cidade pode ser compreendida como uma cidade-santuário para imigrantes nos EUA.

De todo modo, há alguns municípios famosos por acolherem e protegerem os imigrantes e, por isso, são consideradas cidades-santuário para imigrantes.

  • Berkley (CA)
  • Los Angeles (CA)
  • Sacramento (CA)
  • San Diego (CA)
  • Santa Ana (CA)
  • Hartford (CT)
  • Clarke County (GA)
  • Chicago (IL)
  • New Orleans (LA)
  • Boston (MA)
  • Cambridge (MA)
  • Northhampton (MA)
  • Somerville (MA)
  • Baltimore (MD)
  • Albany (NY)
  • Columbia County (NY)
  • Philadelphia (PA)

No site do Centro de Estudos Imigratórios (CIS), é possível ver uma lista extensa de cidades e estados-santuário dos EUA, uma vez que as proteções a imigrantes também podem ser realizadas no âmbito estadual.

More nos EUA em 2023

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Assim, caso tenha o perfil para conseguir o green card ou outros vistos com os quais trabalhamos, agendaremos uma consulta sem custos para explicar como obtê-los.