Devido a pandemia da covid-19 em 2020, as indústrias do turismo, estudo e trabalho nos Estados Unidos sofreram um prejuízo recorde. As restrições impostas para países que normalmente estão entre os maiores “consumidores” de atrações turísticas e serviços americanos, entre eles o Brasil, certamente contribuíram para a piora deste cenário.

Com o início do novo governo, a pressão sobre Joe Biden para reabertura das fronteiras dos Estados Unidos deve ser intensificada. Será que os brasileiros podem então ter esperança de que as restrições atuais para entrada na América serão removidas brevemente?

Confira o que Rodrigo Costa, CEO da AG Immigration e especialista em investimentos e mercado de trabalho americano, declarou sobre este assunto para o tradicional Jornal do Comércio, um dos veículos de comunicação mais tradicionais do Brasil: https://bit.ly/39CKUeP