O desemprego recorde e o mercado aquecido têm feito muitos profissionais pedirem demissões de seus trabalhos, em um movimento que vem sendo chamado nos Estados Unidos de “A Grande Demissão”.

Com mais de 11 milhões de vagas abertas e sem ninguém para preenchê-las, o país está facilitando a emissão de vistos permanentes para cidadãos estrangeiros que queiram trabalhar no país, seja em setores menos especializados – como construção civil, limpeza, alimentação ou varejo –, seja em áreas que exigem mão de obra mais qualificada, como medicina, enfermagem, engenharia, tecnologia da informação e aviação.

Essa é a análise que os sócios da AG Immigration, Felipe Alexandre e Rodrigo Costa, fizeram durante entrevista à Bloomgerg Línea, um dos principais veículos de negócios da América Latina.

Para ler a reportagem completa e entender como os Estados Unidos estão precisando de mão de obra estrangeiro, acesse o site da Bloomberg.