EUA criam 528 mil empregos em julho

EUA criam 528 mil empregos em julho

EUA: 528 mil empregos criados em julho

Os EUA criaram 528 mil empregos não-rurais em julho, segundo dados divulgados pelo Departamento de Trabalho americano nesta sexta-feira (5/8). No acumulado do ano, considerando os números revisados dos outros meses, já são 3,29 milhões de novos postos preenchidos no país.

CONHEÇA OS ESTADOS AMERICANOS COM OS MAIORES E MENORES IMPOSTOS

COMO TRABALHAR NOS EUA EM CONSTRUÇÃO CIVIL, LIMPEZA E FAST FOOD

“O crescimento do emprego foi generalizado, liderado por ganhos em lazer e hospitalidade, serviços profissionais e empresariais e na saúde. Tanto os empregos quanto a taxa de desemprego retornaram aos níveis pré-pandemia de fevereiro de 2020”, disse o governo em nota.

A taxa de desemprego de julho caiu para 3,5% – após quatro meses consecutivos em 3,6%, mantendo-se assim em um dos menores níveis dos últimos 53 anos. Em números absolutos, são 5,7 milhões de americanos sem trabalho. O desemprego é maior entre adolescentes (11,5%) e negros (6%).

“Mesmo com a geração de empregos e queda na taxa de desemprego, os EUA ainda têm 10,7 milhões de vagas abertas nas empresas do país, ressaltando o cenário de escassez de mão de obra”, comenta Rodrigo Costa, CEO da AG Immigration.

Ainda de acordo com os dados divulgados pelo governo dos EUA, a taxa de participação da força de trabalho caiu um décimo percentual, para 62,1%. Essa estatística mede a quantidade de americanos que estão trabalhando em comparação com a população total.

O QUE É E COMO FUNCIONA O SOCIAL SECURITY NUMBER?

Além disso, existem ainda 5,9 milhões de pessoas não empregadas, mas que não estão procurando trabalho ativamente. Por isso, não são contabilizadas na taxa de desemprego. “Expandir a inclusão desses indivíduos no mercado, assim como atrair imigrantes qualificados, é a solução para que os EUA consigam atacar a escassez de mão de obra”, comenta o CEO da AG Immigration.

Salários crescentes nos EUA

A remuneração média por hora para os trabalhadores dos EUA chegou a US$ 32,27. No acumulado dos últimos doze meses, a alta é de 5,2%, menor, contudo, do que a inflação oficial, de 9,1%. Considerando-se que, em média, trabalham-se 2.080 horas por ano, a remuneração padrão de um americano ficou na casa dos US$ 67,1 mil anuais.

Já a média de horas trabalhadas na semana manteve-se em 34,6 horas, um décimo superior à medição do mês anterior.

Saiba todos os custos e etapas para conseguir um green card

Nesta live com a jornalista Daniela Azeredo, parceira da AG Immigration, o advogado de imigração Felipe Alexandre revela quanto custa um green card, explicando todos os valores envolvidos para obter o documento. Assista abaixo!

Quer trabalhar nos EUA?

Este é o melhor momento na história para quem deseja morar e trabalhar nos EUA. Portanto, preencha o nosso formulário de avaliação gratuita e receba uma análise inicial sobre as suas possibilidades imigratórias. Assim, caso tenha o perfil para conseguir o green card ou outros vistos com os quais trabalhamos, agendaremos uma consulta sem custos para explicar como obtê-los.

A AG Immigration é um escritório de advocacia especializado em imigração para os EUA. Lidamos com vistos imigratórios, como EB-1, EB-2, EB-2 NIW, EB-3 e green cards baseados em parentesco. Além disso, também atuamos com vistos de trabalho temporário, asilo, deportação, remoção e outras áreas da imigração para quem quer trabalhar e morar nos EUA.

Baixe o ebook e conheça melhor a AG Immigration

Na AG, auxiliamos nossos clientes a descobrirem as muitas oportunidades de green card que existem nos EUA, especialmente para profissionais que possuem uma carreira bem-sucedida e que desejam morar e trabalhar legalmente na América, e para isso oferecemos uma consulta gratuita de suas possibilidades imigratórias.

Quer saber mais? Faça o download do e-book institucional da AG e descubra que o sonho americano é possível e bem menos complicado do que você imagina.

Quais universidades americanas fazem parte da Ivy League?

Quais universidades americanas fazem parte da Ivy League?

Quem assiste filmes e séries americanas ou já pensou em estudar nos EUA, já se deparou com a expressão “Ivy League”, conhecida em toda a América. Mas você sabe o que significa esse termo? QUANTO GANHA UM PROFISISONAL DE TI NOS EUA? QUANTO GANHA UM ENGENHEIRO NOS EUA?...