EUA buscam pilotos estrangeiros

Os Estados Unidos concentram o maior mercado de aviação do mundo. Pilotos de linhas comerciais recebem remunerações que variam de 300 a 400 mil dólares anuais, além de excelentes benefícios de saúde e planos de aposentadoria.

Curiosamente, mesmo com este cenário favorável, as companhias aéreas americanas encontram extrema dificuldade para a contratação de pilotos. Em 2019, a Boeing estimou que existe um déficit de 15 mil profissionais no setor de aviação do país, e que serão necessários cerca de 250 mil novos pilotos para suprir esta escassez. São estatísticas preocupantes e que tendem a se agravar na próxima década.

Por quê a escassez de pilotos de aviação nos Estados Unidos?

Existem diversos fatores que explicam essa falta de pilotos nos EUA. Em primeiro lugar a demanda por voos domésticos e internacionais é realmente intensa. Nunca na história tantas pessoas viajaram de avião como nos últimos 20 anos.

Em contrapartida, hoje em dia são poucos os jovens americanos que decidem ingressar na carreira de piloto, principalmente devido aos altos custos acadêmicos e de obtenção de licenças envolvidas. Esta falta de renovação de profissionais ainda é agravada quando levado em conta que cerca de 40% dos pilotos em atividade nos EUA irão se aposentar nos próximos anos.

Outro fator que contribuiu para o aumento desse problema foi a ascensão de companhias aéreas asiáticas e do mundo árabe, como a Fly Emirates e a Qatar Airways, que além de oferecerem salários muito acima da média do mercado ainda “seduzem” pilotos estrangeiros com a isenção de diversos impostos. Uma considerável parcela de pilotos americanos ingressou nestas companhias desde o início dos anos 2000, aumentando o déficit da profissão nos EUA.

Sem conseguir gerar uma quantidade interna de pilotos que resolva estes problemas, os Estados Unidos recorrem ao talento de profissionais estrangeiros que queiram contribuir com o mercado de trabalho do país; especialmente aqueles mais experientes, que possuem mais de 2 mil horas de voo.

E o Brasil?

O Brasil é tradicionalmente um país que produz muitos pilotos de avião e demais áreas técnicas ligadas a aviação, e cujo profissionais possuem excelentes chances de ingressar em companhias americanas.

Para incentivar a chegada de pilotos aos EUA, o governo americano classificou esta profissão como de interesse nacional e estratégico do país, flexibilizando o processo de imigração para pilotos estrangeiros.

Você é piloto de aviação e deseja se mudar para os Estados Unidos?

O visto EB-2 NIW (National Interest Waiver) atende exatamente estes profissionais com experiência destacada e formação acadêmica como piloto. Trata-se de um visto que concede o direito a residência legal e permanente nos EUA, através de um Green Card. Em muitos casos, um piloto estrangeiro pode pleitear o EB-2 NIW sem mesmo precisar de uma oferta de trabalho nos EUA, com base somente em suas qualificações.

Se você é um piloto brasileiro, se identificou com o perfil acima e deseja morar e trabalhar nos Estados Unidos em sua profissão, entre em contato com a AG Immigration. Teremos prazer em explicar quais os critérios exigidos pelo Serviço de Imigração dos EUA para a concessão de um visto EB-2 NIW e lhe auxiliar em seu pedido imigratório.

Além disso, nosso departamento jurídico realiza uma avaliação gratuita de seu currículo profissional, que servirá de base para seu pedido de Green Card junto às autoridades americanas.

Não perca essa chance de residir e trabalhar no país que oferece as melhores oportunidades profissionais em todo o mundo.

Conte com a AG Immigration.

Entre em contato clicando aqui

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os 10 desafios de Biden

Os 10 desafios de Biden

Imigração, turismo, estudo e trabalho nos EUA estão na pauta do novo presidente O dia 20 de janeiro de 2021 foi marcado pela posse de Joe Biden ao cargo político mais importante do mundo. Nunca antes uma disputa pela presidência americana foi tão acirrada e repleta de...

Por dentro do Texas

Por dentro do Texas

Conheça um dos estados mais fascinantes dos EUA  ETIMOLOGIA E CURIOSIDADES O nome Texas deriva de “Tejas”, uma palavra indígena que significa "amigos”, e o apelido do estado é Lone Star State, por causa da estrela solitária que existe em sua bandeira. Entre as...

PANDEMIA AMPLIA DISTÂNCIA ECONÔMICA ENTRE BRASIL E EUA

PANDEMIA AMPLIA DISTÂNCIA ECONÔMICA ENTRE BRASIL E EUA

Crescimento inédito da economia americana contrasta com recessão e desemprego recorde no Brasil. O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos teve um crescimento inédito de 33,1% no terceiro trimestre de 2020, na comparação com o trimestre anterior. O número é do...